Vereadores questionam o atraso na revisão do plano diretor de Guaramirim

0

seis

O vereador Osni Bylaardt (MDB) durante pronunciamento na câmara questionou o executivo sobre o atraso na revisão do plano diretor de Guaramirim. O parlamentar lembrou que apresentou projeto na tentativa de contribuir, mas foi vetado e a reposta dos técnicos foi com uma carta de repudio dizendo que não era de competência do vereador e sugeriram que ele cuidasse do seu trabalho. O vereador disse que está cuidando muito bem do seu trabalho e lamentou que esta passando mais um ano e este projeto nem sequer entrou na câmara para ser analisado e aprovado.
Osni Bylaardt levantou também uma situação que está preocupando os moradores do Loteamento Piazera. Os pais não estão conseguindo matricular seus filhos nas creches do município de Guaramirim porque estão com dificuldades de comprovar residência, as faturas de água e luz são de Jaraguá do Sul. Ele pediu que o setores responsáveis verifiquem e resolvam este problema para que estes pais não sejam prejudicados, porque pagam o IPTU em Guaramirim e tem o direito aos serviços que são prestados pelo município.

O vereador Charles Longhi (MDB) comentou o atraso na revisão do plano diretor do município. Disse que representa o legislativo, juntamente com o vereador Ramon Castro (PSD), do núcleo de acompanhamento dos trabalhos, que teriam sido concluídos no mês de outubro. Foram informados depois que em 45 dias seriam feitas as redações e audiências públicas para que o projeto desse entrado na câmara. Agora a informação é de que não será possível neste ano, e o projeto deverá entrar na câmara somente em março de 2019. O vereador aprova a realização de mais audiências públicas porque alguns pontos ainda são polêmicos e a população precisa dar sua opinião. O parlamentar apoiou a preocupação levantada pelo vereador Osni Bylaardt (MDB), disse que a revisão deste plano iniciou em 2015, “praticamente quatro anos para revisar um plano diretor é muito tempo”.

Pronunciamentos

O vereado Adilso Comim (PSD) no seu pronunciamento na câmara falou da sua felicidade, e a dos munícipes, com a importante conquista da pedreira pelo município. Disse que agora o setor de obras poderá atender com mais rapidez as indicações dos vereadores e da população e colocar esse material nas estradas do interior. Ressaltou que a administração passada quando assumiu não tinha máquinas e caminhões, estas foram adquiridas e o que faltava era o material. “A secretaria de obras agora está equipada, o que estava precisando mesmo era material, e agora vai ter”.

O vereador Gerson Peixer (PSDB) questionou a administração municipal sobre o termino da obra na Rua Osvaldo Beber no Bairro Rio Branco. Fez um pedido informações informal e quer uma resposta por escrito do setor de planejamento sobre o que estaria acontecendo, a obra foi conquistada com emenda parlamentar da bancada do seu partido. Lembrou que fez indicação para que fossem construídas duas lombadas na via a pedido dos moradores.
O vereador fez algumas colocações também sobre os atendimentos a pacientes que necessitam de Raio X e Ultrassom no Hospital Santo Antônio. Disse que está preocupado com os constantes defeitos apresentados por estes equipamentos, já que são novos. Para ele é preciso verificar se o problema está nos equipamentos ou quem manuseia. Para ele é muito estranho o que está acontecendo e os pacientes precisam buscar este atendimento em Jaraguá do Sul.

Pó nas estradas

O vereador Lizeu Wisotscki (MDB) falou novamente na câmara sobre o sofrimento dos moradores do interior com o excesso de pó nas estradas. Ele fez uma cobrança durante sessão anterior e citou uma localidade apenas e foi criticado por moradores de outras localidades e bairros que também sofrem com o problema. Ele pediu a compreensão de todos porque ao se referir de uma localidade estava na verdade colocando a situação que está afetando a todos. Quer novamente a atenção do setor de obras e disse que em breve estará apresentando projeto na busca de amenizar este problema. Por outro lado agradeceu ao executivo por atender rapidamente seu pedido de reforma dos bancos colocados na Rua 28 de Agosto e nas praças.

O vereador e líder do governo Ivo João Vieira (PP) comentou sobre as reclamações do excesso de pó nas estradas do município. Disse que conversou com o prefeito Luiz Antônio Chiodini e ele se comprometeu em encaminhar ofício para as empresas que estão realizando algumas pavimentações pedindo que auxiliassem por um período até que seja concertado um caminhão pipa que está em reformas. Ele entende a preocupação do vereador Lizeu Wisotscki (MDB) e dos moradores porque a situação é mesmo de muita preocupação. O parlamentar comentou também sobre os consertos nos bancos, disse que estava dentro do cronograma de serviços a serem executados, por isso é que foi feito com rapidez.

Compartilhar →

About Author

Deixar Resposta