Vereadores apresentam pedidos, cobram mais fiscalização e sugerem melhor aproveitamento dos terrenos baldios

0

todos

O vereador Gerson Peixer (PSDB) está solicitando para administração municipal a abertura de uma licitação destinada à locação de caminhões, com motorista, para atender às necessidades mais urgentes da Secretaria de Infraestrura e outros setores da prefeitura. O vereador falou também sobre a extração de areia no Rio Itapocu nas proximidades da BR 280, disse que tem imagens que registram as irregularidades cometidas pelos extratores que estão retirando o material nas barrancas e não no eixo central do rio, descumprindo a lei. Disse que em residências próximas já aparecem algumas rachaduras nas paredes e a obra da nova ponte que vai ligar o centro da cidade com a Estrada Bananal do Sul poderá também ser afetada. Pediu fiscalização dos órgãos competentes e disse ser a favor da proibição de extrair minérios dos rios do município.

O vereador Lizeu Wisotscki (MDB) solicita colocação de tubulação iniciando na Rua Ricardo Augusto Guilherme Gaedtke cruzando por baixo da Av. Izidio Carlos Peixer, na direção do rio no Bairro Ilha da Figueira. Outra situação apontada pelo vereador são os estragos que estão sendo vistos nas ruas pavimentadas do Bairro Corticeira com o transito de caminhões pesados. Ele está pedindo maior fiscalização do setor competente, porque a pavimentação terá que ser toda refeita.

O vereador Adilso Comim (PSD) está solicitando a pavimentação com concreto usinado na Rua Bertoldo Schmidt, iniciando na Rodovia SC-108 até na subida do morro onde já está concretado. O vereador agradeceu a administração municipal por atender indicação de sua autoria, feita neste ano, que solicitou a pavimentação da Rua Rafael Marangoni, acesso ao Morro do Schmidt. O parlamentar elogiou o bom trabalho feito pelo setor de obras.

O vereador Ramon Castro (PSD) está sugerindo ao executivo que seja concedida a permissão de uso dos bens públicos inutilizados no âmbito do município de Guaramirim aos particulares que desejem desenvolver atividades de interesse da coletividade, tais como o cultivo de hortas comunitárias, o desenvolvimento de atividades educacionais, a prática de atividades recreativas e etc. O vereador justifica que o município conta atualmente com inúmeros imóveis públicos abandonados e sem destinação definida há anos. Sendo assim, a permissão de uso destes imóveis aos particulares para que neles promovam atividades de interesse coletivo mostra-se como uma medida que trará benefícios à população sem gerar grandes gastos para o poder público. Ele destacou a lei municipal que regulamenta esta ação.

O vereador Charles Longhi (MDB) quer um estudo técnico visando do setor de planejamento para eliminar os constantes alagamentos que ocorrem na Rua 28 de agosto, Bairro Nova Esperança, nas imediações do Mercado da Dani e Confeitaria Cantinho Doce. O parlamentar sugeriu que para solucionar o problema seja necessária a colocação de uma nova tubulação de 2 metros de diâmetro, iniciando na altura do campo Society na Rua Carlos Denker, atravessando a Rua 28 de agosto, seguindo a Rua Alfredo Piper, até atingir a linha férrea passando por baixo dela, no viaduto da Rodovia BR 280, para desviar toda água que desce do conhecido Loteamento Vítor Kleine. “Essa nova tubulação captará água desviando aproximadamente 50% do volume de água que hoje é captada pela atual tubulação”. Disse que historicamente neste local sempre houve alagamentos, porém com o aterramento do terreno entre a Rua 28 de agosto e a BR 280, foi eliminando o piscinão natural ali existente, agravando o problema. Para o vereador a atual tubulação não consegue dar vazão imediata ao grande volume de água que desce de toda calha.

O vereador e presidente da câmara Ernesto Friedemann (PP), ao mostrar imagens dos alagamentos que tem ocorrido na Rua 28 de Agosto no Bairro Nova Esperança, disse que esteve verificando a tubulação e se deparou com um erro dos engenheiros que permitiram a construção de uma galeria sem a tubulação adequada para o escoamento das águas. O vereador pediu para o setor de obras a abertura de toda a tubulação para verificar com mais nitidez qual a melhor forma de resolver a situação. Disse que se na administração passada tivesse feito maior fiscalizado teriam visto que tem algo errado.

Compartilhar →

About Author

Deixar Resposta