Orçamento geral do Município de Guaramirim para o exercício de 2019 será de mais de R$ 158 milhões

0

todos1

Os vereadores de Guaramirim aprovaram o orçamento do município para o exercício de 2019 estimando a receita em R$ 158,3 milhões. Foi fixada a despesa para o Poder Legislativo Municipal em R$ 3,5 milhões, apenas 2,2% do orçamento, a câmara constitucionalmente teria direito a 7%. A divisão do orçamento para os outros setores do município ficou assim definida:
- Gabinete do Prefeito – R$ 1.392.000,00
- Procuradoria – R$ 971.500,00
- Secretaria de Administração e Finanças – R$ 8.365.000,00
- Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano – R$ 3.658.000,00
- Secretaria Municipal de Educação – R$ 42.683.280,00
- Secretaria Desenvolvimento Social – R$ 111.500,00
- Secretaria de Infraestrutura - R$ 40.346.000,00
- Secretaria de Desenvolvimento Econômico – R$ 1.153.000,00
- Secretaria Municipal de Agricultura – R$ 1.449.000,00
- Controladoria Geral do Município – R$ 290.000,00
- Fundo Municipal de Saúde de Guaramirim – R$ 23.957.590,00
- Fundo Mun. de Assistência Social de Guaramirim – R$ 7.579.000,00
- Fundo Mun. da Infância e Adolescência de Guaramirim – R$ 140.000,00
- Fundo Municipal de Desenvolvimento Econômico – R$ 7.000,00
- Hospital Municipal Santo Antônio – R$ 13.500.000,00
- Secretaria de Esporte e Lazer – R$ 2.091.000,00
- Fundação Cultural de Guaramirim – R$ 745.100,00
- Fundação do Meio Ambiente de Guaramirim – R$ 155.000,00
- Fundo Municipal de Defesa Civil de Guaramirim – R$ 564.250,00
- Encargos Gerais do Município – R$ 5.627.780,00
- Reserva de Contingência – R$ 70.000,00
Durante a discussão do projeto algumas ressalvas foram feitas pelos vereadores. Charles Longhi (MDB) fez a leitura do projeto e destacou a importância da comunidade se inteirar do orçamento. Disse que agora o importante é que a administração faça o uso correto para não gerar muitas aberturas de créditos suplementares, sempre reclamadas pelos vereadores.
O vereador Osni Bylaardt (MDB) fez uma ressalva quanto ao orçamento para o esporte, disse que é demais este valor, enquanto que o setor de agricultura ficou com um orçamento muito baixo. Ele chamou atenção para o número de cargos de confiança que tem aumentado, e com as votações em regime de urgência.
O vereador Lizeu Wisotscki (MDB) também defendeu um orçamento maior para agricultura. Pra ele o setor de esportes que foi contemplado com mais recursos precisa aumentar seus serviços. Disse que está preocupado com aumento do número de servidores.
O vereador Adilso Comim (PSD) também se colocou ao lado dos agricultores e disse que o orçamento poderia ser maior. Quanto o trabalho da secretaria de esportes disse que espera do setor um apoio aos proprietários dos campos que nas competições cedem estes espaços e agora precisam que ao menos sejam auxiliados para as roçadas.
O presidente analisou o projeto e disse que os valores para a agricultura poderiam ser maiores, quanto ao esporte, há necessidade da manutenção das escolinhas que fazem um excelente trabalho e precisa hoje de um volume de recursos maior.

Compartilhar →

About Author

Deixar Resposta